Centro de arbitragem mediou 575 conflitos de consumo em 2018

FOTO DB/CARLOS JORGE MONTEIRO

O Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Distrito de Coimbra (CACCDC) teve 575 processos tramitados para a fase de mediação em 2018, adiantou ontem a diretora desta organização Ana Paula Fernandes.
A resolução de conflitos de consumo é feita pela mediação, conciliação e arbitragem.
Na primeira fase, a da mediação (feita à distância), são resolvidos 60% dos conflitos, refere. Se isso não acontecer, é necessário prosseguir para a conciliação entre as partes à mesa, arbitrada pelo CACCDC e, se esta não der frutos, realiza-se um tribunal arbitral.
Antes disso, estas instituições prestam informação e aconselhamento sobre questões de consumo a empresas e particulares. No ano de 2018, o CACCDC teve 1200 processos de informação e aconselhamento.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.