Remodelação do Largo da Cruz de Celas volta à “estaca zero”

Posted by

FOTO DB/PEDRO RAMOS

O executivo municipal de Coimbra deliberou, ontem, resolver o contrato da empreitada Caminhos Pedonais – Cruz de Celas e Loios.

A obra, recorde-se, foi adjudicada à empresa Construcentro – Construções Civis do Centro, tendo o auto de consignação sido assinado a 18 de setembro último – em plena semana dedicada da mobilidade.

O problema é que o empreiteiro não avançou com a obra e até o próprio estaleiro foi apenas começado a montar meses depois. Na prática, portanto, a empreitada vai em cinco meses (ou seja, metade do prazo previsto para estar concluída) mas é como se ainda não tivesse começado.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.