Obras de 2,1 milhões de euros para eficiência energética no IPO Coimbra

Posted by

São dinheiros europeus que pagam a quase totalidade do investimento que o Instituto Português de Oncologia (IPO) Francisco Gentil, de Coimbra, está a fazer para melhorar a eficiência energética das instalações. São 2,1 milhões de euros, com a instituição a suportar apenas 100 mil euros.
Trata-se de uma candidatura aprovada ao POSEUR, Programa Operacional da Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos e tem como objetivo fundamental, de acordo com o hospital, “a reconversão dos sistemas energéticos de forma a obter poupanças significativas em termos de consumo de energia, mantendo e melhorando os outputs de serviço e de segurança no abastecimento”.
Esta operação prevê “a implementação de um conjunto de medidas com vista ao acréscimo de dois níveis na classe energética final, que será alcançado através de ações de gestão inteligente de energia e utilização de energias renováveis”, explicou a instituição em resposta ao DIÁRIO AS BEIRAS.Após a aprovação do financiamento e até ao último dia do corrente ano, as operações contemplam a substituição da iluminação interior e exterior, bem como das caldeiras, novo sistema de gestão de energia; uma unidade de produção autoconsumo; instalação de sistema solar térmico e de “chiller arrefecido a ar”; colocação de vidro duplo com caixilharia com corte térmico; isolamento térmico da fachada ETICS e da cobertura dos edifícios; e substituição de bombas de caudal variável.

 

Toda a informação na edição impressa do DIÁRIO AS BEIRAS de 8 de fevereiro

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.