“Continuo a seguir a Briosa de forma intensa e apaixonada”

Posted by

FOTO DB/PEDRO ROMA

Deixou de jogar em 2009. Sente saudades?

Não. Quando terminamos de jogar obviamente que esse “bichinho” ainda está vivo. Mas com a integração na FPF essa vontade foi-se diluindo e começamos a direcionar os nossos pensamentos para o treino e para aquilo que podemos contribuir enquanto treinadores.

Está integrado na Estrutura Técnica Nacional da FPF. O que mudou do Pedro Roma jogador para o Pedro Roma treinador?

Entrei na FPF através da minha colaboração no futebol feminino durante um ano. Após essa experiência, integrei a estrutura técnica do futebol formação masculino, com a 1.ª experiência nos sub-17. A partir daí tenho percorrido todos os espaços das seleções jovens e tem sido uma experiência enriquecedora. Despir a pele de jogador profissional nunca é fácil, mas o facto de ter rapidamente integrado a área do treino nas seleções contribuiu para que esse papel tenha sido ultrapassado naturalmente.

É uma das referências da Académica. Continua a seguir o clube?

Continuo a seguir a Briosa de forma intensa e apaixonada e desejo que este ano ainda se consiga o objetivo da subida. Uma instituição desportiva como a Académica não pode estar “adormecida” na 2.ª Liga.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.