Opinião: Abnegação e altruísmo

Posted by

Hoje apetece-me falar sobre associativismo, não sobre a miríade de associações que o nosso concelho apadrinha, mas acima de tudo daqueles que as dirigem. Daí que, neste início de novo ano, gostaria de lhes endereçar um agradecimento e um reconhecimento por tudo aquilo que, estas mulheres e homens realizam de uma forma desinteressada à causa do outro.

Agradecer-lhes o entusiamo e o denodo em enfrentar o novo dia com uma vontade de fazer prevalecer o conhecimento, a tradição, a solidariedade e considerar o outro como aquele que valoriza o seu compromisso social.

Agradecer-lhes a audácia para concretizarem a vontade dos outros, liderando a instituição, com a sua grandiosidade de caráter cumprindo o ónus de manter vivo o seu nicho comunitário, dando-lhe uma dimensão de pertença e de família.

Reconhecer-lhes a abnegação em enfrentar muitas vezes o isolamento nas decisões, o confronto com o parco apoio institucional, o enfrentar angustiante de uma realidade madrasta e desencorajadora.

Reconhecer e agradecer-lhes o trabalho feito pelo concelho e endereçar uma palavra de encorajamento e de ânimo para enfrentarem mais um ano de vicissitudes que lhes vai exigir conquistar projetos que os norteiem para concretizarem as aspirações e os sonhos plurais.

Daí a nossa obrigação em lhes agradecer o feito e a coragem da sua intenção altruísta no compromisso da realização do bem-estar social, desportivo e cultural para com todos os figueirenses.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.