NÓS 19: das concertinas à harpa, em Coimbra nasceu uma orquestra aberta a todos

Posted by

FOTO LUSA / PAULO NOVAIS

O Grande Auditório do Convento São Francisco recebe o concerto final do projeto este sábado, dia 12, pelas 21H30. A entrada é gratuita

A Orquestra Comunitária NÓS19 apresenta, em Coimbra, no sábado, o resultado final de um trabalho que envolveu cerca de 200 pessoas da região, desde um grupo de concertinas a crianças que tocam guitarra elétrica, num projeto aberto a todos.

A sala da Casa da Cultura parece pequena para tanta gente, novos e velhos, profissionais e amadores, que vão afinando os seus instrumentos para o primeiro ensaio conjunto da orquestra. Por lá, vai-se ouvindo uma panóplia de sons de guitarras elétricas tocadas por crianças, saxofones e clarinetes de jovens de bandas filarmónicas, uma gaite de foles ou violinos.

Improvisação e liberdade
Os músicos e coro esperam pelas instruções do maestro Tim Steiner que, logo nesse primeiro ensaio conjunto, vinca a característica mais importante desta orquestra incomum: a liberdade.

“Toda a gente é bem-vinda. Há pessoas que estão hoje a dar os primeiros passos, outros juntam-se a nós para a semana, alguns só poderão estar connosco no concerto. Não sabemos como vai soar até esse dia”, disse, antes do aquecimento, pedindo a todos para não se preocuparem: “Vamos fazer coisas estranhas e malucas, mas deixem-se ir”.

A Orquestra Comunitária NÓS19, do programa Coimbra Região de Cultura, propôs-se a compor e ensaiar, com músicos dos 19 municípios da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra.

Notícia completa na edição impressa de 10 de janeiro

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.