Esta foi para o Bernardo…

 

Foto: Carlos Jorge Monteiro

A Briosa venceu, ontem à noite, o Cova da Piedade e subiu, provisoriamente, ao sexto posto da 2.ª Liga. Uma segunda parte de grande qualidade confirmou a superioridade dos estudantes, que alcançaram a terceira vitória consecutiva.
Poucos dias depois de perder de forma trágica um dos seus mais fervorosos adeptos, Bernardo Rodrigues, de apenas 20 anos, cabia aos estudantes mostrar como o futebol pode fazer esquecer, ainda que apenas por algumas horas, a dureza que a vida, muitas vezes, carrega. No caminho estava o Cova da Piedade, equipa que nos últimos tempos se tem dado bem no Estádio Cidade de Coimbra. Mas ontem, a história foi diferente.

A partida contava para a 15.ª jornada da 2.ª Liga e, em caso de vitória, poderia valer a aproximação aos lugares cimeiros da tabela classificativa. E foi mesmo isso que se verificou.

A Briosa venceu de forma categórica, com uma segunda parte de grande qualidade, que justificou o preço do bilhete.
Ainda a partida não tinha começado e já João Alves era obrigado a “inventar”, em virtude das lesões de Brendon, Joel Ferreira e Nélson Pedroso e do castigo a Jean Felipe (expulso na última partida). O leque de opções era, por isso, algo limitado, principalmente, no que ao alinhamento da defesa dizia respeito.

Ora, a aposta recaiu sobre Traquina, que foi empurrado para a ala direita do sector mais recuado. Já o meio campo, esse, foi desenhado a três, com a entrada de Guima no onze, a acompanhar Reko e Ricardo Dias no miolo do terreno.
No ataque, a escolha beneficiou Hugo Almeida, Romário Baldé e Júnior Sena, que formaram o triângulo ofensivo.

Depois de 20 minutos pacatos, com poucos motivos de emoção, eis que surge o golo da Briosa. Na sequência de um canto na esquerda, cobrado por Júnior Sena, o esférico é bombeado para a área. Os defesas não conseguem sacudir a bola e esta sobra para Hugo Almeida que, com um potente remate, inaugura o marcador.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.