Académica: “Temos de ser quase perfeitos até final do campeonato”

ARQUIVO/PEDRO RAMOS

A Académica recebe amanhã o Varzim, em jogo marcado para as 17H00, no Estádio Cidade de Coimbra. Para que a equipa estudantil possa dar continuidade à sequência de resultados, João Alves diz que “é preciso jogarmos como temos feito nos últimos tempos. Nada mais do que isso”.

Declarações do técnico ao final desta manhã, na habitual conferência de imprensa de antevisão da partida, com Alves a lembrar que o Varzim “tem uma boa equipa e virá com a ideia de discutir o jogo”. Todavia, continua, “a nossa ideia é continuar o nosso caminho e, jogo a jogo, ir crescendo”.

Nos últimos tempos a Briosa tem conseguido resultados positivos a jogar em Coimbra. Para o treinador academista “é um estímulo jogar em casa e temo-lo demonstrado na qualidade que temos imposto”.

João Alves sublinha que, até final do campeonato, “todas as equipas vão perder pontos”, mas “só temos de pensar em nós e conquistar os três pontos”. Para que a Académica possa subir de divisão, não restam dúvidas ao treinador: “É muito simples: temos de ser quase perfeitos até final do campeonato”.

As lesões de vários jogadores têm condicionado as escolhas do técnico, mas, ainda assim, “as coisas têm corrido bem e a equipa tem sido capaz de superar as dificuldades que vai encontrando”.

 

Mercado

Questionado pelos jornalistas, João Alves diz não ser grande adepto do mercado de transferências de inverno, “a não ser que seja para colmatar jogadores com tempo de recuperação prolongado”.

Para já, o desejo do treinador “são os três pontos no próximo jogo com o Varzim e que todos os jogadores da equipa que estão lesionados possam, até final de janeiro, estar disponíveis e ser opção”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.