Município pede ajuda ao Governo para combater vespa asiática

FOTO DR

Câmara Municipal envia carta ao ministro da Agricultura na qual defende a criação de um pacote financeiro específico para fazer face aos prejuízos

Uma nova estratégia e um pacote financeiro específico para ajudar a minimizar os prejuízos económicos e ambientais, bem como o risco que a vespa velutina representa para a saúde pública. Estas foram as principais medidas pedidas ao Governo pela Câmara Municipal da Lousã que enviou uma carta ao ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural.

Na carta remetida a Capoulas Santos, a autarquia “reforça que, apesar das ações implementadas por diversas entidades e pessoas – onde se incluem as Câmaras Municipais – os impactos negativos são grandes e diversificados”, refere o município em comunicado enviado ontem ao DIÁRIO AS BEIRAS.

“Apesar da existência do Plano de Ação para a Vigilância e Controlo da Vespa Velutina, face à dimensão dos prejuízos económicos e ambientais e do risco para a segurança pública, a estratégia terá de ser atualizada e a sua ação sustentada com a existência de um pacote financeiro específico”, afirma.

Produção de mel em risco
O executivo presidido pelo socialista Luís Antunes pede ao ministro “medidas urgentes” para enfrentar “esta situação de calamidade que coloca em causa a existência da abelha melífera”.

 

Notícia completa na edição impressa de 28 de dezembro

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.