Encontro inédito em duelo histórico

Posted by

Não há adversário na 2.ª Liga que tenha visitado tantas vezes Coimbra como o Leixões. A formação de Matosinhos, que após a última jornada despediu Filipe Gouveia, treinador que orientou a Académica no ano da descida à 2.ª Liga (2015/2016), já defrontou a Briosa, na cidade do Rio Mondego, em 33 ocasiões.
O saldo do duelo entre as duas formações que, em conjunto, somam, entre outros títulos e momentos de glória, três Taças de Portugal, é favorável à formação academista que saiu vitoriosa em 22 ocasiões, com a turma leixonense a vencer três jogos. Também se registaram oito empates.
No total, entre partidas em Coimbra e Matosinhos, os dois emblemas históricos do futebol português já mediram forças em 66 ocasiões, com os estudantes a somarem 31 vitórias, 21 empates e 14 derrotas ( 11 aconteceram no Estádio do Mar, em Matosinhos).

Apesar de estudantes e “bebés do mar” (alcunha do Leixões) já terem um histórico considerável de embates, João Alves, enquanto treinador da Académica, nunca defrontou os homens de Matosinhos. Na época de estreia em Coimbra (2000/2001), o “Luvas-Pretas” chegou ao banco apenas em janeiro de 2001, já a Académica tinha defrontado o Leixões, em Coimbra, para a Taça de Portugal.

 

Notícia completa na edição impressa do dia 26 de dezembro de 2018

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.