Residência para estudantes “chumbada” foi agora aprovada pelo executivo municipal de Coimbra

Posted by

FOTO DB/PEDRO RAMOS

Os votos a favor da bancada do PS e a abstenção dos vereadores do movimento Somos Coimbra permitiram a aprovação pela Câmara de Coimbra, ontem, do projeto de loteamento que prevê a instalação de uma residência de estudantes na rua do Brasil, no antigo edifício da EDP, com um orçamento estimado de 20 milhões de euros.

O projeto de loteamento – que tinha sido chumbado na reunião do executivo municipal de Coimbra de 8 de outubro –, voltou a merecer ontem os votos contra dos vereadores do PSD e da CDU.

A proposta apresentada pela empresa WPC Coimbra Unipessoal Lda pretende instalar 349 unidades de alojamento de convivência para estudantes no antigo edifício da EDP e prevê a criação de 45 lugares de estacionamento.

Foi o número de estacionamentos, que dispensa cerca de 100 lugares em relação ao alvará inicial, que motivou, no mês passado, o chumbo do projeto de loteamento e levou à realização de uma audiência de interessados, na qual os promotores prestaram os esclarecimentos solicitados.

Versão completa na edição impressa

One Comment

  1. Nunca uma requalificação de um edifício com essas dimensões e para esse propósito orçamentaria em 20 milhões, mesmo na actualidade. Nem é preciso ser arquiteto para ver isso.
    E já considerando os custos do parque de estacionamento.
    Obviamente alguém vai enriquecer ilicitamente com o projecto.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.