Rede de tráfico humano “recrutava” vítimas na região

Vítimas estavam alojadas em más condições

Uma organização criminosa, que nos últimos anos se dedicava ao tráfico de seres humanos para exploração de mão-de-obra, foi desmantelada pela Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, numa operação que contou com a intervenção direta do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Coimbra e com a colaboração da Guarda Civil.

Entre as vítimas estava, de acordo com a polícia espanhola, “um menor português de 16 anos” e um homem, também de nacionalidade portuguesa, que esteve em Espanha durante 10 anos e que foi “vendido” a um dos detidos.

No decurso da operação, denominada por “Lusar” que ocorreu no dia 16 de outubro, foram realizadas diversas buscas em Portugal, nas zonas de Sabugal, Belmonte, Covilhã e Santa Comba Dão, e em Espanha, em Segóvia, durante as quais foram detidos cinco indivíduos de nacionalidade portuguesa, um em Portugal e quatro em Espanha.

Ver notícia completa na edição impressa, de 03-11-18

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.