Situação “muito grave” na Docapesca e porto da Figueira da Foz

Posted by

A ministra do Mar classificou hoje de “muito grave” a situação nos portos de pesca e comercial da Figueira da Foz, após a tempestade Leslie, estimando prejuízos entre quatro e cinco milhões de euros na área marítima.

“Nós temos uma situação muito grave na Docapesca, mas também no porto comercial e, para além disso, quer àquilo que diz respeito à indústria do pescado, quer às aquaculturas que tiveram graves problemas, e às pescas”, disse hoje aos jornalistas Ana Paula Vitorino.

À margem de uma visita ao porto de pesca da Figueira da Foz, onde verificou os prejuízos nas infraestruturas e empresas ali existentes, a governante argumentou que a situação não incide só sobre os danos provocados pela própria tempestade: “Também tudo aquilo que vai ser não poder laborar durante algum tempo, que também são custos, não são custos de reconstrução, mas são custos imputados a este processo”.

Notícia completa na edição impressa de amanhã

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.