PSD vota contra Orçamento Municipal de Coimbra em sessão adiada para hoje

Posted by

O PSD anunciou ontem que vai votar, hoje, 31 de outubro, contra o Orçamento e Grandes Opções do Plano 2019, apresentados pelo executivo socialista da Câmara de Coimbra, designadamente por falta de “projetos estruturantes” para a cidade e concelho. A sessão decorreu, em parte, ontem, mas a votação foi adiada para hoje, por iniciativa do presidente da Câmara Municipal, manuel Machado.
Os sociais-democratas, que formam a maior bancada da oposição na Câmara, explicam a sua posição com “a ausência de projetos estruturantes em Coimbra e o reiterado autismo político do PS em relação às propostas das restantes forças políticas, sem qualquer diálogo sério sobre a estratégia da cidade”.
Em nota enviada à agência Lusa, a Comissão Política Concelhia de Coimbra do PSD, liderada por Nuno Freitas, acusa a maioria PS de abandonar os parques empresariais e de não ter uma “política de atratividade e fixação de novas empresas” e, por outro lado, de não ter uma “estratégia integrada de reabilitação urbana da Baixa e do centro histórico” da cidade.
Mantém-se o “prolongamento indefinido de novas soluções de mobilidade inteligente e de uma nova visão para os transportes públicos” em Coimbra, onde também falta uma “rede municipal de educação” e “investimentos relevantes nacionais com colaboração municipal”, exemplifica ainda o PSD.
O Orçamento e Grandes Opções do Plano de Coimbra para 2019 começaram a ser debatidos pelo executivo, ontem, numa reunião extraordinária, que “foi suspensa, por solicitação do presidente”, o socialista Manuel Machado.
De acordo com a mesma nota, Manuel Machado “solicitou a suspensão da reunião extraordinária, justificando que os serviços municipais necessitam de analisar as propostas que foram apresentadas pelos diferentes partidos políticos representados na Assembleia Municipal de Coimbra e pelos presidentes de Juntas e Uniões de Freguesias do concelho, propostas essas com implicações orçamentais, que poderão ainda ser integradas nos documentos que irão a votação”.
No entanto, para o PSD, “a sessão extraordinária do executivo municipal foi interrompida devido ao chumbo iminente da proposta socialista”.
O executivo camarário de Coimbra é formado por cinco eleitos do PS, por três sociais-democratas, eleitos no âmbito da coligação PSD/CDS-PP/PPM/MPT, por dois representantes do movimento Somos Coimbra e por um vereador da CDU, que é o único não socialista com pelouros atribuídos.

One Comment

  1. Bom dia.
    Saudações cordiais
    Atenção dos Srs. Sras. Vereadores da Camara Municipal de Coimbra .
    Para este debate lembrem-se dos que os elegem .
    Existe uma ausência dos eleitos ! PCP,PS,PSD, Cidadãos por Coimbra etc. em várias situações na falta de apoio aos problemas dos Bairros desta Cidade , coletividades ( efeitos da tempestade e não só !!).Telhados com problemas das telhas caídas , caleiras de escoamento derivado às chuvas torcidas ,infiltração de aguas nas paredes, portas de entradas sem funcionamento etc.)
    Por favor saiam dos gabinetes e visitem edifícios bairros sociais ,recintos desportivos ,parques infantis etc.
    Cumprimentos

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.