Programa de apoio a projetos do turismo ontem apresentado

Posted by

Conceber equipamentos e tecnologia digital de última geração a aplicar no setor do turismo é o objetivo do Fabtur 2, ontem apresentado em Coimbra pela Novotecna–Associação para o Desenvolvimento Tecnológico, com sede em Coimbra.
Desde o ano passado que a entidade está a desenvolver o conceito “de associar as vertentes da tecnologia 4.0 ao turismo 4.0, através da fabricação digital e prototipagem rápida. São setores de inovação que os empreendedores do setor do turismo procuram e, alguns, já estão a utilizar”, adianta Horácio Pina Prata, presidente da Novotecna.
Foi assim que surgiu, há um ano, o Fabtur, um programa de apoio a ideias, ignição e aceleração de projetos do turismo, que este ano tem 2.ª edição, ontem apresentada nas instalações da associação empresarial e formação.
Com financiamento do Turismo de Portugal, o Fabtur – através de um concurso de ideias com prémios até 6.500 euros, em dinheiro ou serviços, bem como a apresentação dos projetos a possíveis financiadores – pretende introduzir processos tecnológicos de novos materiais, realidade virtual e inteligência artificial aplicados ao turismo.
O primeiro premiado, da edição de estreia, em 2017, foi Diogo Albufeira, de Olhão, Algarve, que avançou com a startup Carry Di. A empresa desenvolveu um utensílio inovador que permite a qualquer empregado de mesa transportar, num restaurante, cinco pratos em segurança só com um braço, encaixados em arcos concêntricos.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.