Mulher com problema psíquico detida em Coimbra por fogo posto

Uma mulher de 33 anos em tratamento devido a transtorno psíquico foi detida por fogo posto, em Coimbra, ficando internada preventivamente, anunciou ontem a Polícia Judiciária (PJ).

Trata-se de uma empregada fabril residente no município de Coimbra, detida quarta-feira junto ao Hospital Sobral Cid, na Conraria, cujos serviços acompanham o seu estado de saúde.

A mulher é suspeita da autoria de “pelo menos dois crimes de incêndio florestal, registados em setembro e outubro, na zona do Hospital Sobral Cid”, que integra o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, disse fonte da PJ à agência Lusa.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.