Doçaria conventual e convento podem atrair mais visitantes a Tentúgal

“Esperava um momento doce quando aceitei esta honra de fazer parte da Confraria da Doçaria Conventual de Tentúgal (CDTC), não esperava era que fosse um momento tão doce como aquele que estou a viver aqui”, afirmou o secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, após ter sido entronizado confrade de honra da CDCT, no sábado, na cerimónia na igreja do Convento de Nossa Senhora do Carmo, em Tentúgal.

Na ocasião, o governante, fazendo referência à tempestade que assolou o concelho e a região, deixou palavras de incentivo ao presidente da Câmara e ao município: “Sei bem os momentos difíceis que está a viver e que, apesar das dificuldades, juntos conseguiremos ultrapassar os obstáculos que nos vão surgindo pela frente”.

Ao elogiar o trabalho da CDCT e de todos os que continuam “a manter vivas as terras e as suas tradições”, Miguel Freitas reforçou: “A gastronomia portuguesa está muito bem entregue nas mãos das confrarias”.

Versão completa na edição impressa

One Comment

  1. Zé da Gândara says:

    É nisto que o tipo se especializou e é nisto que o tipo pelos vistos, é bom 🙂 Há uns anos falava-se na diplomacia do croquete que muita gente confundia por cá com "diplomacia económica"… Houve quem tenha copiado isso… E agora dê show de bola sempre que pode 🙂 com a estreita colaboração dos jornaleiros sebentos cá do burgo…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.