Danos nas escolas poderão chegar a dois milhões de euros

Os danos nas escolas e equipamentos do Ministério da Educação decorrentes da tempestade Leslie podem chegar a dois milhões de euros, referiu Alexandra Leitão, e acrescentou que a estimativa ainda não está concluída.
A secretária de Estado Adjunta e da Educação esteve ontem na Escola Básica do 2.º e 3.º Ciclo Dr. Santos Bessa, na Carapinheira, o estabelecimento escolar sob alçada do Ministério da Educação que terá os maiores estragos e dos quais será o único encerrado.
Telhados de fibrocimento quebrados e levantados pelo vento, assim como fragmentos caídos no chão, inundações por infiltração que danificaram instalações elétricas, árvores arrancadas, cercas vergadas e vidros partidos são parte do resultado da passagem da tempestade por esta escola.

Obras de 500 mil euros
Cerca de 500 mil euros vão ser alocados às obras para a escola básica.
“Esta escola está completamente destruída e como tem a agravante do fibrocimento não é possível ter alunos aqui, nestas condições, só quando tivermos o fibrocimento removido”, referiu o diretor do Agrupamento de Escolas de Montemor-o-Velho (AEMOV), António Joaquim.
Assim, os alunos estão agora na escola sede do AEMOV em horários provisórios e vão ter aulas em monoblocos enquanto as obras decorrem, referiu a secretária de Estado. O diretor do agrupamento espera que os alunos que agora estão a ter aulas na biblioteca ou no pavilhão multiusos da escola sede já possam ter aulas em monoblocos no final desta semana. A escolha da escola sede deve-se à possibilidade de assegurar o acesso a espaços como bar e refeitório e acautelar as entradas e saídas dos alunos, explicou o diretor.

 

Regresso às aulas em 2019
Quando o fibrocimento for removido e houver um pavilhão operacional, os alunos poderão regressar progressivamente à escola da Carapinheira, garantiu Alexandra Leitão.
Estima-se que os alunos apenas vão poder regressar às aulas nesta escola no primeiro dia do segundo período, ou seja, em 2019, referiu António Joaquim, “se as expectativas da senhora Secretária de Estado se cumprirem”.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.