Coimbra no olho do “furacão” Leslie

DB-Pedro Ramos

O distrito acordou no meio do caos. A passagem da tempestade Leslie deixou marcas bem visíveis, sobretudo nos concelhos de Mira, Figueira da Foz, Condeixa-a-Nova, Soure, Cantanhede, Montemor-o-Velho e em Coimbra, onde foram ativados os Planos Municipais de Emergência.

Coimbra foi, aliás, o distrito mais afetado pelo mau tempo, onde, de acordo com o comandante da Associação Nacional de Proteção Civil, Duarte da Costa, a tempestade se fez sentir com maior intensidade, com um “percurso muito errático”.

Ainda no distrito, e devido ao mau tempo, largos milhares de habitações ficaram privadas de energia elétrica e de comunicações, cerca de 50 pessoas ficaram desalojadas e registaram-se 27 feridos ligeiros.

Pode consultar a reportagem completa e ver algumas fotos da passagem do Leslie pelo distrito de Coimbra na edição impressa desta segunda-feira, 15 de outubro, do Diário As Beiras

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.