Opinião: O mundo a semana passada – A GEOPOLÍTICA da semana

Posted by

02 set DOMINGO Pequim O Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, vai copresidir à cimeira do Fórum de Cooperação China-África (FOCAC) de 2 a 4 de setembro, na capital chinesa, sob o tema “China e África: rumo a uma comunidade ainda mais forte, com o futuro compartilhado através da cooperação mutuamente benéfica”. À margem do fórum, e bilateralmente, o Presidente de Angola encontrou-se com o seu homólogo Xi Jinping para tentar fechar um financiamento chinês de 11 mil milhões de euros.

03 set SEGUNDA Bissau As eleições na Guiné Bissau realizar-se-ão a 18 de novembro próximo. No entanto, o Diretor-geral do Gabinete Técnico de Apoio ao Processo Eleitoral, Alain Sanka, aguarda a chegada durante esta semana dos 300 kits necessários para o recenseamento de 900 mil eleitores. Devido às dificuldades financeiras, o executivo não conseguiu reunir os fundos para adquirir os referidos kits e o respetivo software para proceder atempadamente ao recenseamento, que já deveria ter começado.

04 set TERÇA Telavive O ministro da Defesa de Israel, Avigdor Lieberman, garante que vai responder a qualquer ameaça e provocação do Irão. O facto é que o país de Rouhani colocou no território iraquiano, nos últimos meses, um conjunto de mísseis balísticos de curto alcance numa região muito próxima das fronteiras de Israel, nas mãos de aliados xiitas. Como é seu timbre, as forças armadas hebraicas reagirão prontamente, como já vem fazendo, aos alvos iranianos na Síria.

05 set QUARTA Bruxelas Com o apoio da chanceler alemã, Manfred Weber, líder do Partido Popular Europeu pretende entrar na corrida à presidência da Comissão Europeia, seu órgão executivo. A bênção de Angela Merkel coloca o líder do grupo PPE numa posição muito forte para se tornar o principal candidato à presidência da Comissão, pese embora nunca ter tido experiência governativa. Para que se concretize a eventual vitória, o PPE terá que vencer as eleições ao Parlamento Europeu.

06 set QUINTA Juiz de Fora O candidato presidencial brasileiro conservador de direita, Jair Bolsonaro, do Partido Social Liberal foi esfaqueado em plena campanha eleitoral, no estado de Minas Gerais. O estado de saúde do candidato possui alguma gravidade, tendo sido atingido na zona do fígado. A operação a que foi submetido correu bem. As sondagens, após o afastamento de Lula da Silva, colocam à frente o candidato de extrema direita para as eleições que decorrem em outubro próximo.

07 Set SEXTA Aktau A assinatura de um acordo histórico, no Cazaquistão, entre cinco países do Mar Cáspio – Azerbaijão, Irão, Cazaquistão, Turquemenistão e Rússia mostra a importância da diplomacia, nomeadamente de Vladimir Putin para benefício mútuo, de segurança, manutenção da paz e desenvolvimento económico destes povos do mar Cáspio, na Ásia Central. Este mar tem uma dimensão maior que a Alemanha ( 370.000 Km2 ), com enormes reservas de gaz e petróleo, e recursos piscatórios.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.