“Há sempre muito para fazer na área do turismo digital”

Posted by

O tema da edição deste ano do Dia Mundial do Turismo é o Turismo e a Transformação Digital. De que maneira o digital tem contribuído para o turismo da região?

O digital tem contribuído de forma decisiva para o turismo da região, e não só da região. De facto, o Turismo é uma das atividades em que se nota de forma mais vincada a transformação digital que se verifica na nossa sociedade. Longe vão os tempos em que um turista, quando queria visitar uma cidade, uma região ou um país, tinha necessariamente que recorrer a uma agência de viagens física, para conhecer os pacotes disponíveis. Hoje já não é assim. Se é verdade que as agências de viagens tradicionais souberam adaptar-se aos novos tempos, migraram para o digital com grande sucesso e continuam a oferecer um indispensável leque de serviços, também é um facto que há um segmento de viajantes que prefere planear as suas férias sem recorrer a agências. Muitos dos que chegam ao Centro de Portugal não o fazem por terem conhecido a região em agências, mas sim em sites e blogues especializados e nas redes sociais. São cada vez mais os que chegam a este território por sua conta, reservando as passagens aéreas, os alugueres de veículos e a estadia.

De que forma é que a inteligência de dados, inteligência artificial e plataformas digitais serão fundamentais para o futuro do setor?

Serão verdadeiramente fundamentais a médio prazo. As empresas e organizações são, cada vez mais, orientadas por dados. O desenvolvimento desta área permite a tomada de decisões baseadas em factos e dados concretos, e não por intuição ou por tentativa e erro, como era prática comum no século XX. No caso do turismo, a inteligência de dados, aliada à inteligência artificial e às plataformas digitais, permite às empresas e instituições conhecerem de forma cada vez mais exata o perfil dos turistas e viajantes – cumprindo, necessariamente, rigorosas regras éticas. Desta forma, conseguem responder de forma rápida a todas as solicitações e oferecer os produtos e serviços que mais se adequam às necessidades de cada um. É uma autêntica revolução que está a dar os primeiros passos.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.