Alojamento local na região Centro disponibiliza 40 mil camas

Com cerca de 40 mil camas em unidades de alojamento local, a região Centro está a afirmar-se neste segmento de dormidas, que tem um peso “muito significativo na operação turística do Centro de Portugal”, defende a entidade responsável pelo setor.
O presidente do Turismo Centro de Portugal, Pedro Machado, observa que “grande parte do fluxo turístico esta, de facto, a registar-se também em territórios alternativos àquilo que eram os mais característicos, tendo presente o alojamento convencional, nomeadamente a hotelaria”.
Pedro Machado sublinha que este segmento possui “um peso próprio, específico, muito significativo na operação turística do Centro de Portugal”.

Negócio controlado
e cada vez mais qualificado
Pedro Machado explicou que os alojamentos locais “são modelos de negócio que se têm vindo a especializar e a qualificar e, por isso, hoje, entram em concorrência direta com os estabelecimentos convencionais ou, nalguns casos até, superam a própria prestação de serviço dos alojamentos convencionais”.
Por distritos, a distribuição de unidades de alojamento local centra-se, principalmente em Aveiro e Coimbra, respetivamente com 990 e 920 estruturas registadas, com número de quartos muito variável, de caso para caso.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.