Opinião – Ginástica Municipal

Posted by

A recente trapalhada municipal para a concessão a privados de um terreno público e um suposto pavilhão “olímpico” para a ginástica foi aprovada pelo PS com a ausência providencial do Vereador da CDU. Felizmente, os serviços jurídicos da Câmara conseguiram não ser envolvidos num falso concurso público que tem tudo para ser chumbado pelo Tribunal de Contas – afinal, o próprio Vereador do Desporto praticamente apresentou o concorrente vencedor espanhol a todos os que o quiseram ouvir, no meio de promessas difusas e não contabilizadas para o bem público.

O caso tem 3 níveis de gravidade:

1. Uma parceria público-privada como é o caso de uma concessão por 50 anos de um terreno nobre no Vale das Flores deveria ter explícito o mapa comparativo de obrigações e ganhos para os dois lados da balança – ora, aqui nada mais tosco e opaco, apesar da insistência reiterada do PSD e de todos os que tentaram apurar os números e contrapartidas em causa;

2. A figura de concurso público pressupõe sã concorrência e uma administração municipal isenta que defende o interesse público, em prazos e termos fixados por Lei e por um caderno de encargos exigente na diferenciação positiva e qualitativa das propostas dos concorrentes privados. Tudo ao contrário neste caso – com a pretensa desculpa de se usar os mesmos documentos procedimentais da Câmara de Setúbal (?), não se percebe como pode o Júri avaliar objectivamente as propostas, tudo apontando para na decisão política com cobertura requerida aos técnicos;

3. Em termos desportivos, é um desastre anunciado. A Câmara Municipal tem o terreno e a capacidade financeira para projectar e construir um Pavilhão Municipal de Ginástica, com todas as características técnicas nas várias especialidades e fomentando uma modalidade com forte tradição e elevada qualidade técnica, formativa e competitiva em Coimbra. A entrega de parte do futuro equipamento a um privado obrigará ao pagamento, a prazo, de serviços externos por parte da própria CMC ou das colectividades desportivas de Ginástica.

A solução que o PSD defende – construção de raiz de um Pavilhão Municipal de Ginástica (em terreno público) com gestão e utilização partilhada com as entidades desportivas de Ginástica de Coimbra e fortalecimento da relação com a Federação Portuguesa de Ginástica num programa olímpico plurianual, parece-nos claramente mais positiva para os atletas, técnicos, clubes e para o desporto de Coimbra.

Se nos derem hipótese nas próximas eleições, é isto que faremos. Sem flic-flacs à retaguarda como a CDU nem trampolinices políticas à PS. Há uma diferença no modo com defendemos o bem comum – deixamos as acrobacias para quem as treina seriamente.

One Comment

  1. Miguel Costa says:

    AHAHAHAH…o PSD a defender a construção de um pavilhão público de ginástica e o PS a cencessionar a construção a privados…o mundo realmente anda a dar cada volta.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.