Opinião: Como está a sua saúde? Não espere mais. Faça já o seu check-up!

Posted by

Como está a sua saúde? Depois da invenção da penicilina, fomos levados a crer que a medicina, através de comprimidos, iria terminar com todas as doenças. Caso não fossem os comprimidos, seria o avanço tecnológico. Assim conseguiríamos tratar as doenças num estado tão precoce que não seriam capazes de causar dano ao paciente.

Atualmente a abrangência e quantidade dos exames e dos tratamentos disponíveis, fazem-nos acreditar que, se os fizéssemos, seríamos pessoas saudáveis. É aqui que começa a ser semeada a mentira do check-up e dos comprimidos milagrosos. É uma mentira porque a ciência tem demonstrado o contrário.

A maioria das ideias que tivemos para prevenir as doenças: falharam! Poucas são as medidas que se têm provado benéficas quando realizadas a um nível preventivo.

Vou tentar fornecer ao leitor um resumo das medidas que já o demonstraram. No que concerne ao estilo de vida, está demonstrado que vivem mais aqueles que:

1. Praticam pelo menos 30 minutos de exercício, de intensidade moderada, 5 dias por semana ou 25 minutos de exercício, de intensidade intensa, 3 dias por semana. Adicionando 2 dias de fortalecimento muscular.

2. Fazem uma alimentação saudável.

3. Não fumam.

Relativamente aos rastreios das doenças não oncológicas, recomenda-se:

4. Realizar uma medicação da tensão arterial a cada 2 anos, se inferior a 120/80 mmHg e, anualmente, se inferior 139/89 mmHg.

5. Se tiver uma tensão arterial superior a 135/80 mmHg, deve realizar uma análise à glicémia (açúcar) de 3 em 3 anos.

6. Deve tentar que o seu índice de massa corporal (relação entre altura e o peso) esteja dentro dos parâmetros normais.

7. Se for homem, deve realizar uma análise ao colesterol depois dos 35 anos e no caso de ser mulher depois dos 45 anos. Por outro lado, existem ainda os rastreios oncológicos:

8. Rastreio do cancro da mama, com mamografia de 2 em 2 anos, entre os 50-75 anos. Saiba que por cada 11 anos de rastreio, em 1000 mulheres, salva-se 1 vida, 100 sofrem falsos alarmes, 5 sofrem tratamentos desnecessários.

9. Rastreio do cancro do intestino, com colonoscopia ou pesquisa de sangue oculto nas fezes, dos 50-75 anos. Por cada 10 anos de rastreio, com colonoscopia, em 1000 pacientes, salvam-se 2 vidas e 1 pessoa pode sofrer danos do rastreio.

10. Rastreio do cancro do colo do útero, com citologia de 3 em 3 anos dos 25-65 anos. Por cada 10.000 mulheres com 3 citologias precedentes normais podem ocorrer 303 citologias positivas ( 300 não são cancro) e nas citologias normais podem ocorrer 2 casos de cancro.

Depois disto o leitor já ficou a perceber que não existem coisas como “análises gerais”, “rastreios do cancro em geral” e que “nem tudo o que seja para prevenir é tão bom como aparenta ser”. Resta-me perguntar-lhe: já fez o seu check-up?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.