Moradores de Trinhão fazem registo dos limites de terrenos

DR

Os moradores de Trinhão, no concelho da Pampilhosa da Serra, realizaram o levantamento dos seus terrenos no âmbito de um projeto de georreferenciação apoiado pela Escola Superior Agrária de Coimbra (ESAC).

“As gerações vindouras, aconteça o que acontecer, têm já esse trabalho feito”, com vantagens para a prevenção dos incêndios e para a segurança de pessoas e bens, disse à agência Lusa Jorge Custódio, vice-presidente da Câmara Municipal da Pampilhosa da Serra, no distrito de Coimbra.

A identificação e delimitação virtual das propriedades rústicas de Trinhão, na freguesia da Portela do Fojo e Machio, foram efetuadas por um grupo de cidadãos, com ajuda de dois alunos da ESAC que desenvolveram na aldeia o estágio curricular da licenciatura em Ciências Florestais e Recursos Naturais.

Ao abrigo do projeto, foi concretizado um trabalho de georreferenciação que assegura “um Trinhão limpo e protegido de futuros incêndios”, segundo um comunicado da Câmara da Pampilhosa da Serra, no distrito de Coimbra.
“Na génese do projeto ‘Trinhão no Mapa’ está o terrível fogo que, entre outras localidades, devastou o concelho da Pampilhosa da Serra”, em junho de 2017, acrescenta.

Pode ler a notícia completa na edição impressa desta quinta-feira, 2 de agosto, do Diário As Beiras

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.