Óbito Rui de Alarcão – Marcelo destaca “jurista brilhante” e “defensor da autonomia universitária”

Posted by

Foto Luís Carregã

O Presidente da República enviou “sentidas condolências” à família do ex-reitor da Universidade de Coimbra Rui Alarcão, falecido hoje, e àquela instituição, afirmando tratar-se de “um dos juristas mais brilhantes da sua geração” e “defensor da autonomia universitária”.

“Um dos juristas mais brilhantes da sua geração, civilista que contribuiu decisivamente para o nosso atual Código Civil e para o prestígio da Universidade de Coimbra, seja como professor, seja como seu Reitor, Rui Alarcão foi um homem de princípios e de valores, que ao longo de toda a vida se bateu por um Portugal mais livre, mais democrático e mais justo”, lê-se em nota publicada no sítio da Internet da Presidência da República.

Marcelo Rebelo de Sousa caracteriza Alarcão como “defensor acérrimo da autonomia universitária”, que “pugnou pela excelência do ensino superior e pela sua independência face aos poderes instituídos, na convicção firme e inabalável de que o diagnóstico e a solução dos problemas nacionais se devem fazer através do estudo e do rigor, da ponderação cuidada e da reflexão informada”.

“Foi um espírito livre e um homem de liberdade, que exerceu funções públicas de grande relevo, seja como vogal da Comissão Constitucional, seja como membro do Conselho de Estado, aí deixando a marca da sua luminosa inteligência e da sua afabilidade de trato”, acrescentou o chefe de Estado.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.