João Ataíde anuncia ampliação e requalificação da zona industrial da Figueira da Foz

Posted by

João Ataíde, presidente da câmara

O presidente da Câmara da Figueira da Foz, João Ataíde, anunciou, ontem, que a autarquia já tem o que faltava para poder proceder à ampliação e requalificação do Parque Industrial e Empresarial da Figueira da Foz. Ou seja, o documento que formaliza a cedência definitiva de uma área florestal situada junto àquela infraestrutura, na sequência da aprovação da Direção Geral do Património do Estado.

“Finalmente, decorridos cinco ou seis anos, com algumas entropias pelo caminho, [já temos] a área de terreno de 20 hectares para a ampliação e requalificação do parque industrial, na zona que estava destinada ao aeródromo, com cedência a título definitivo”, anunciou João Ataíde. O autarca acrescentou que em breve será iniciado o procedimento.

João Ataíde anunciou, ainda, que serão investidos mais de quatro milhões de euros na requalificação e ampliação daquela que é a principal zona industrial do concelho, investimento sujeito a uma candidatura da autarquia a fundos da União Europeia.

Informação completa na edição impressa

One Comment

  1. Zé da Gândara says:

    Óh Sôdôtôr Athayde… Quem é que lhe ensinou que é com estes elefantes brancos que se atrai investimento de base industrial para a Figueira?

    Olhe que a construção de elefantes brancos desta natureza já é um nadinha démodé pelo resto do território (embora todos concordemos que à Figueira tudo chega com uma enorme décalage por a Figueira, parte integrante do distrito de Coimbra, ser uma espécie de Cu de Judas dentro desta piolheira que dá pelo nome de Portugal)… Quer fazer uma tournée de norte a sul para ver a manada de elefantes brancos (aka zonas industriais) construídas para encher os bolsos aos amigos do regime e dos partidos do chamado arco governativo e que não albergam uma fucking empresa que seja?

    Olhe lá… O dinheiro que o Sôdôtôr paga dos seus impostos não lhe custa a ganhar?

    Quem foi a empresa de renome que o Sôdôtôr trouxe para a Figueira da Foz?

    Traga lá uma empresa de base industrial digna desse nome para a Figueira e depois crie-lhe condições para a instalar… A casa constrói-se pelos alicerces e não pelo telhado…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.