Golo nos descontos estraga festa na estreia

DR- Facebook UDOliveirense

Um enorme balde de água fria. Tudo parecia encaminhar-se para a estreia desejada mas, aos 94’+, o avançado da Oliveirense Serginho resolveu estragar a festa academista.

A partida acabou empatada a um golo, para desgosto das centenas de adeptos da Briosa que se deslocaram ao Estádio Municipal de Aveiro, onde os “estudantes” disputaram a 1.ª jornada da 2.ª Liga. Djoussé colocou a Académica em vantagem quatro minutos antes do apito para o intervalo, mas o tento acabou por revelar-se insuficiente.

No final, os muitos adeptos que marcaram presença em Aveiro voltaram, não de “mãos a abanar” porque os “estudantes” garantiram um ponto, mas seguramente muito dececionados, já que, a escassos minutos do derradeiro apito, todos perspetivavam uma vitória na estreia.

Académica dominante  no primeiro tempo
A intensidade da primeira parte deixou marcas nas duas equipas, forçadas a recorrer ao banco de suplentes, com Sérgio Ribeiro a entrar para o lugar de Alemão e Reko para o de Zé Paulo, ambos lesionados, aos 25 minutos.
Os “estudantes” dominaram o primeiro tempo, tendo passado para a frente do marcador aos 41 minutos, num escorregão infeliz de Mathaus que deixou Djoussé de frente para a baliza, para inaugurar o marcador com um remate forte e rasteiro.

Pode ler a notícia na íntegra na edição impressa desta segunda-feira, 13 de agosto, do Diário As Beiras

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.