Região esteve ontem representada em força na inauguração da Expofacic

Posted by

“Um certame de referência nacional, seja na atividade económica, seja na atividade sociocultural”, foi como a presidente da Câmara Municipal de Cantanhede, Helena Teodósio, classificou ontem a Expofacic, na sessão solene de abertura, realizada numa tenda gigante instalada no campo relvado que vai funcionar como área de lazer e divertimentos infanto-juvenis.
Centenas de convidados não quiseram faltar ao momento, com a presença dos presidentes da ANMP, Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra e Turismo Centro de Portugal, respetivamente, Manuel Machado, João Ataíde e Pedro Machado. O secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Vieira, presidiu à sessão, ocasião aproveitada pelo presidente da Associação Empresarial de Cantanhede (AEC) para dirigir críticas ao Governo. Luís Roque constatou que, após os fogos na região, nomeadamente na faixa florestal de Quiaios a Vagos, “nada foi feito naquilo que é propriedade do Estado”, referindo-se à não remoção do material lenhoso queimado, acrescentando, por outro lado, que “é visível a preocupação do Governo em favorecer determinadas clientelas do setor público”. O líder da associação lamentou ainda que “a administração fiscal tenha políticas cada vez mais intimidatórias para as empresas e contribuintes”.
Na resposta, o secretário de Estado da Agricultura reconheceu “algumas preocupações partilhadas”, mas recusou uma “visão tão pessimista”. Luís Vieira retorquiu que “a economia portuguesa atravessa um melhor momento”, acrescentando que “Portugal tem um rumo”.

Toda a informação na edição impressa de hoje, 27 de julho, do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.