Público não quis perder as duas primeiras noites

Posted by

DR

Foram milhares os espetadores que não resistiram à espera e quiseram comparecer logo, em força, à primeira noite de concertos e de toda a oferta cultural, económica e de lazer da Expofacic. Na quinta-feira, anteontem, assistiram aos concertos de Slow J e Club Banditz, usufruindo ainda da qualidade gastronómica oferecida por meia meia centena de restaurantes e tasquinhas presentes no certame.

O novo enquadramento da cerimónia institucional, após a inauguração, revelou-se uma mais-valia para convidados e para o público, que lotou a tenda instalada no relvado.

Os sinais de positivos estenderam-se à estreia da Exposição “Titanic – A Reconstrução”, que proporciona uma viagem de conhecimento sobre o mais famoso paquete do mundo, visitada por milhares de pessoas.

Outra das surpresas agradáveis é a exposição alusiva a Santo António, com cheirinho a Lisboa e a Santos Populares.
O setor comercial/industrial, as tasquinhas, a Feira Popular e o afamado palco dos djs, agora com o sabor da Super Bock, foram pontos de passagem obrigatória no primeiro dia.

Pode ler a notícia completa, bem como especial de 4 páginas dedicado à Expofacic 2018 na edição impressa de fim-de-semana, 28 e 29 de julho, do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.