Penela: Artistas de países em guerra fazem-se representar na Bienal de Humor do Espinhal

Posted by

FOTO DR

A VI Bienal de Humor Luís d’Oliveira Guimarães, que se realiza nos dois primeiros dias de setembro, recebeu, durante o prazo de candidaturas, 1160 trabalhos de desenho e caricaturas de 450 artistas de 78 países.

É o recorde absoluto do evento, o que leva o diretor da Bienal, Osvaldo de Sousa, a considerar que “este evento já entrou no roteiro internacional do desenho de humor”, acrescentando que, do total dos trabalhos, atendendo às regras do concurso foram excluídos cerca de 350 deles, por serem a cores, ou não respeitarem minimamente o tema proposto, que é “O ciclo da Vida”.

Sendo assim, o júri, composto por vários membros da área da cultura, reuniu-se ontem em Penela para selecionar os melhores trabalhos, entre os cerca de 700 que chegaram a esta fase.

Entretanto, foi individualizado um outro subtema, que conta com uma centena de caricaturas, de respostas obtidas para retratar Leonor d’Oliveira Guimarães, nora do patrono do concurso.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.