Centro 2020 está com uma taxa de execução de 15 por cento

FOTO DB/PEDRO RAMOS

O Programa Operacional Centro 2020 está com uma taxa de execução de 15 por cento dos fundos comunitários, menos de metade da taxa registada no período homólogo do QREN, informou a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional.

No quadro comunitário anterior (2008-2013), o programa operacional regional do Centro registava, por esta altura, uma taxa de execução de 35%. A diferença explica-se pelo prolongamento do quadro anterior, que apenas foi concluído em 2015, e por um “arranque muito lento do Portugal 2020”, disse ontem a presidente da CCDRC, Ana Abrunhosa.

No entanto, a responsável não está preocupada, recordando que o atraso no arranque do atual quadro é generalizado na Europa, sendo que, no contexto europeu, Portugal “é dos países com melhor execução”.

Daí que seja necessário retirar “lições para os pós-2020”, garantindo maior celeridade na aplicação do próximo quadro, nomeadamente no processo de designação das autoridades gestoras dos fundos, cujo processo demorou “ano e meio”. “A transição [entre quadros] tem de ser muito mais rápida”, defendeu.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.