CDU preocupada com especulação imobiliária na Via Central

FOTO DB/CARLOS JORGE MONTEIRO

“Via Central tem de estar ao serviço das pessoas e não refém da especulação imobiliária”. Quem o afirma é Francisco Queirós, vereador da Câmara Municipal de Coimbra (CMC) pela CDU, que, ontem, junto às obras na zona histórica da cidade, lançou um desafio muito claro ao presidente da autarquia.

“Está na altura do executivo da Câmara dizer o que pretende para esta zona da Baixa. Com transparência e de forma clara, ponham todos os dados em cima da mesa e alarguem a discussão à opinião pública”, apelou, considerando que “a dormência da CMC ameaça o potencial interesse público do projeto”.

Para Francisco Queirós, que se fez acompanhar de uma dezena de camaradas na conferência de imprensa, “é preciso perceber” o que o executivo de Manuel Machado “está a pensar, o que pretende na Via Central”.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.