Pampilhosa da Serra: Embaixada de Israel junta-se a Cascais no apoio às vítimas de incêndios

Posted by

FOTO DB/CARLOS JORGE MONTEIRO

A criação de programas de cooperação e desenvolvimento entre os municípios da Pampilhosa da Serra e Cascais, principalmente no âmbito da Proteção Civil, mas também nos setores social, da economia e ambiente, é o principal desígnio da geminação ontem assinada entre as duas autarquias.

Numa cerimónia que decorreu nos Paços do Concelho da vila serrana – com a presença do edil de Cascais, Carlos Carreiras, e do embaixador de Israel em PortugalRaphael Gamzou, o anfitrião considerou que “este é um dia muito importante porque se trata da primeira geminação da Pampilhosa da Serra, sendo das primeiras entre municípios de Portugal continental, mostrando solidariedade e disponibilidade de ambas as partes para uma forte colaboração”.

José Brito Dias afirmou que “é na diferença que nos podemos complementar”, referindo-se à diversidade entre um concelho muito populoso (mais de 200 mil habitantes) do litoral, como é Cascais, e um concelho de 400 quilómetros quadrados, com 4.500 habitantes, “que sofreu um forte revés devido aos incêndios florestais, com uma morte e muitas famílias destroçadas”. Todavia, o autarca concluiu que “temos futuro e força para lutar por ele”, baseando-se nos recursos existentes e no grande potencial turístico.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.