Militares recordam I Guerra Mundial em Coimbra

FOTO DB/PEDRO RAMOS

A Brigada de Intervenção (BrigInt) uniu-se à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC) para a realização do colóquio “ Consequências da Grande Guerra” que teve ontem lugar.

“Se olhássemos todos para os relatos de guerra, teríamos com certeza um mundo mais solidário e mais racional”, começou por dizer o comandante da BrigInt, Francisco Xavier de Sousa, momentos antes de ler uma descrição impressionante do cenário da I Guerra Mundial feita por Jaime Cortesão na obra “Memórias da Grande Guerra” (1919).

“Este relato tem 99 anos mas podia ser escrito hoje porque são situações que se vivem no Afeganistão ou no Iraque”, sustentou. “Devemos refletir sobre o que a História nos apresenta e nos ensina”, defendeu o brigadeiro-general.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.