Machado promete solução definitiva para aeroporto em setembro

Posted by

 

Foto : Luís Carregã

Há cerca de três meses, a Câmara de Coimbra adjudicou a um gabinete a “revisão estratégica dos planos municipais para a mobilidade aérea”. Ontem, Manuel Machado garantiu que, em setembro, já estará “em posse dos estudos necessários, para afirmar soluções para o aeroporto”.

Para já, segundo o autarca, “é consolidado que a região Centro precisa de um aeroporto para a operação internacional”. Falando na reunião da assembleia municipal, Machado lembrou que o Centro – onde vivem mais de 2,5 milhões de habitantes – “é das poucas regiões de toda a Europa que não dispõe de qualquer infraestrutura desta natureza e funcionalidade”.
No que respeita à mobilidade por via aérea, o presidente da câmara chamou a atenção para o facto de a esmagadora maioria dos residentes no Centro viver a uma distância-tempo superior a uma hora dos aeroportos de Lisboa e do Porto – que, “é preciso que se diga, estão ambos saturados”.

Quanto a Monte Real, Machado admite que foi uma solução pela qual se bateu “desde o tempo em que foi primeiro-ministro o saudoso professor Carlos da Mota Pinto”. Agora, sublinhou, “é um dado adquirido que não se conseguiu nem se vai conseguir tal desiderato, por razões estratégicas e de compromissos internacionais de Portugal, mas também por razões financeiras”.

 

Versão completa na edição impressa

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.