Arnaut lembrado como advogado paradigmático

Foto DB-Pedro Ramos

José Miguel Júdice, ex-bastonário da Ordem dos Advogados, recordou ontem António Arnaut como “o advogado paradigmático”.
Descreveu António Arnaut como intransigente perante a corrupção, coerente ideologicamente e com sentido de justiça, pelo que leu o excerto de Arnaut: “Não me conformo com as pequenas injustiças. Aceito as grandes, porque são inevitáveis”.
Júdice foi o conferencista da homenagem que a República do Direito e o Tribunal da Relação de Coimbra promoveram ontem no Salão Nobre do Palácio da Justiça, em Coimbra. A homenagem realiza-se um mês após o falecimento de António Arnaut, político e advogado.

 

 

Notícia completa na edição impressa do dia 22 de junho de 2018

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.