Proteção de crianças e jovens em debate nacional na Figueira da Foz

Posted by

Foto: DR

 

O encontro da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens está a decorrer no Centro de Artes e Espetáculos (CAE), desde ontem e durante três dias, sob o tema “Ser criança no século XXI”. O evento conta com a com a participação da maioria das 309 Comissões de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) e um total de 732 pessoas.

 

Presidia pelo ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, a sessão de abertura contou, ainda, com as intervenções do presidente da Câmara da Figueira da Foz, João Ataíde; a responsável máxima daquela estrutura, Rosário Farmhouse; a procuradora geral da República, Joana Marques Vidal; e a presidente da CPCJ da Figueira da Foz, Sandra Lopes.

João Ataíde realçou os programas preventivos da autarquia figueirense para crianças e jovens, sublinhando as ações que promovem o sucesso escolar, e defendeu que a família é o “núcleo essencial para a intervenção das políticas públicas”.

Na Figueira da Foz, a CPCJ local registou um pico de atividade em 2015, com 455 processos relativos a crianças e jovens em perigo. A violência doméstica continua a ser o principal fator de risco.

Informação completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.