Pesca da sardinha regressa em força na Figueira da Foz

Posted by

António Miguel Lé, armador

 

Fresca, com “ótimo tamanho” e em quantidade. Boa, já se sabe que é, quando se fala de sardinha capturada na costa da Figueira da Foz. O presidente da Cooperativa de Produtores de Peixe Centro Litoral, o armador figueirense António Miguel Lé, faz balanço positivo dos primeiros lances do regresso ao mar para capturar o mais popular pescado entre os portugueses, nesta época do ano.

“Está a correr bem, as notícias e a sensibilidade que a gente esperava confirmam-se. Ou seja, tudo o que pensávamos que iria ser bom está a confirmar-se”, declarou o dirigente setorial e empresário. Aliás, acrescentou: “Ultrapassa muito o que a gente pensava que era razoável.

A quota de sardinha atribuída este ano atinge as 14,5 mil toneladas, menor do que a de 2017, que foi de 17 mil toneladas, e longe daquilo que os pescadores pretendiam – 23 mil toneladas.

Informação completa na edição impressa

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.