Homem matou a mulher em Ansião e entregou-se à GNR

Posted by

 

FOTO DR

Um homem suspeito de ter matado a mulher em Ansião, na zona norte do distrito de Leiria, entregou-se ontem à GNR, disse fonte desta força policial.

Segundo a GNR, foi o próprio suspeito, de 56 anos, “quem deu o alerta, às 9H20, deslocando-se às instalações do posto territorial de Ansião da GNR”.

“No local, os militares da GNR confirmaram que a vítima, de 51 anos de idade, estava morta, prostrada no chão, motivo que levou a Guarda Nacional Republicana a proceder ao isolamento da área, após o que chamou a Polícia Judiciária (PJ), atendendo a que estava em causa um crime de grande violência. A polícia de investigação tomou, assim, posse do caso.

O agressor terá, entretanto, confessado o crime, até porque se apresentou junto às autoridades com vestígios de sangue na roupa.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Leiria esclareceu que se tratou de “homicídio no domicílio, num quadro de violência doméstica, resultando uma vítima mortal por agressão física”.

Ambos os membros do casal seriam surdos-mudos, motivo adicional de dificuldade para fazer a reconstituição do crime.

Para o local foram acionados meios do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), Bombeiros Voluntários de Ansião, GNR e PJ de Coimbra, num total de cinco veículos com 10 elementos, acrescentou o CDOS.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.