Marcelo Rebelo de Sousa visitou feridos da explosão em Penacova

Posted by

FOTO DB/JOSÉ ARMANDO TORRES

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, visitou os feridos da explosão em Gondelim, Penacova, que fez um morto e mais de 20 feridos, a quem desejou “franco restabelecimento”, informou a Presidência.

Marcelo Rebelo de Sousa visitou esta tarde “os feridos da explosão em Gondelim, Penacova, que estão internados em três hospitais de Coimbra, a quem desejou o franco restabelecimento, associando-se à comunidade” local “nesta hora difícil”, lê-se no “site” da Presidência da República (www.presidencia.pt).

O Presidente transmitiu as “suas sentidas condolências ao proprietário da empresa de pirotecnia, cujos engenhos explodiram nas Festas de Nossa Senhora da Moita em Gondelim, Penacova, causando uma vítima mortal, funcionário da empresa”, acrescenta a nota.

“Vim do Porto e passei aqui por Coimbra e vim ver. De facto, uma vez mais, as nossas estruturas de saúde souberam estar a altura das necessidades, numa situação de emergência. A capacidade de resposta foi imediata e com um número elevado e simultâneo de feridos”, afirmou Marcelo aois jornalistas, após visitar os feridos, no regresso a Lisboa do Porto, onde visitou a ala feminina do Estabelecimento Prisional de Santa Cruz do Bispo, em Matosinhos.

“Dirão os especialistas, que não é o meu caso, mas felizmente, não são muitos feridos e a maioria não é grave. Já falei com o dono da empresa de pirotecnia, ainda não consegui falar com a família da vítima mortal. Mas fica aqui uma palavra minha de solidariedade. É gente muito rija”, acrescentou.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.