Contas no vermelho obrigam a mudanças na Queima

Posted by

FOTO DB/CARLOS JORGE MONTEIRO

A tutela e supervisão da Queima das Fitas de Coimbra deverá passar a ser feita pela DG/AAC. O anúncio coube ao presidente Alexandre Amado, depois dos mais recentes casos que envolvem aquela que é considerada “a maior festa estudantil nacional”.

Em conferência de imprensa, o dirigente referiu que a intenção não é desvirtuar “a identidade especial” desta organização, representada pelo facto de ser feita por uma Comissão Central, mas sim “submeter toda a Comissão Organizadora ao controlo e supervisão da AAC através dos órgãos próprios”.

“A Direção-Geral tem de assumir responsabilidades sobre a Queima das Fitas, enquanto festa inserida na Associação Académica de Coimbra, mas nunca poderá fazê-lo plena e justamente enquanto não dispuser de meios adequados para poder efetivamente supervisioná-la”, afirmou. Os mecanismos de revisão terão início depois de concluída a edição 2018 da festa estudantil.

Informação completa na edição impressa

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.