PSD dá 90 dias ao Governo para decidir nova maternidade

O PSD apresentou um projeto de resolução na Assembleia da República que recomenda ao Governo a construção de uma nova maternidade em Coimbra e o reforço de meios técnicos e humanos.
Numa iniciativa parlamentar que teve, como autora, a deputada Fátima Ramos, que integra a Comissão de Saúde, os sociais-democratas desafiam o Governo a encontrar a localização para a nova maternidade de Coimbra “no prazo de 90 dias a contar da publicação do presente diploma, iniciando de seguida os procedimentos concursais para o projeto e para a obra respetiva”.
“No final de 2016 foi anunciado que o Governo autorizou o início da construção de uma nova maternidade em Coimbra, tendo mesmo sido anunciado que o concurso da obra seria lançado no final de 2017 ou, o mais tardar, no início do corrente ano”, refere o grupo parlamentar, no projeto de resolução.
O PSD recorda que o referido anúncio foi efetuado pelo ministro da Saúde, no decurso de uma visita ao Hospital Pediátrico de Coimbra, “sendo então, igualmente, divulgada a disponibilização de quatro milhões de euros para a primeira fase da obra”.
Decorridos três meses sobre o anúncio, “o Governo entendeu aprovar o despacho n.º 1897-A/2017, de 06 de março, através do qual constituiu um grupo de trabalho com o objetivo de estudar a criação de uma maternidade no município de Coimbra, integrada no CHUC”, para substituição das duas maternidades existentes – Bissaya Barreto e Daniel de Matos.

 

Notícia completa na edição impressa do dia 29 de março de 2018

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.