Pescador que matou tio condenado a 11 anos de prisão

 

Arguido no tribunal

O pescador que agrediu o tio até à morte, a 24 de junho do ano passado, na Costa de Lavos, Figueira da Foz, foi hoje condenado a 11 anos de prisão pelo Tribunal de Coimbra.

Gilberto Soares, de 29 anos, foi considerado culpado de um crime de homicídio simples. Matou o tio, António Rico, de 56 anos, na sequência de uma discussão por causa de vinho.

Durante o julgamento, o arguido disse que nunca teve intenção de matar o familiar, só “não queria que ele bebesse tanto”.

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.