Opinião – Que é isto?

Posted by

Talvez porque o número de letrados em Portugal foi, até há dezenas de anos, escasso, o título de doutor tem enorme importância. A profusão de universidades, agora existentes, encheu o país de licenciados, pouco sabedores. Quem duvide bastar-lhe-á ver um programa da TVI onde muitos licenciados não conseguem agarrar os mais básicos conhecimentos de história, geografia, literatura, embora acertem nas perguntas de nomes de “bandas “muito modernas, coisas de futebol e de corridas de automóveis.

Mas, para singrar nos corredores de algumas “agências de emprego”, não parece bastar já ter um “canudo” português. Daí brotam universidades estrangeiram nos currículos. Felizmente, na maioria dos casos, estamos em face de informações fidedignas. Mas os agora chamados “facilitadores” terão uma apetência enorme (é mais fácil, dá menos trabalho) para “cursos” por correspondência, sem correspondência, documentos duvidosos, e etc…

Vão longe os exames “ad hoc”, nos quais quem não possuía o antigo 7.º ano fazia um exame demonstrativo do seu saber, para entrar na universidade (normalmente, como voluntário). Assim aconteceu com o meu saudoso amigo e grande escritor figueirense Idalécio Cação. Sem saudosismos, mas com preocupação, pergunto-me o que é isto, que “feira de vaidades” é esta?

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.