Opinião: Por uma Social-Democracia e Rosto Humano

Posted by

No recente congresso do PSD, depois dos resultados negativos das últimas autárquicas, importava repensar o futuro num exercício de humildade e reflexão conjunta. Por isso mesmo elaborámos, nos primeiros dias de Outubro, um Manifesto de ideias dirigido não só aos militantes, mas aberto aos contributos de todos os cidadãos, mesmo de alguns claramente desfavoráveis ou desiludidos com o PSD (www.socialdemocracia.pt).

Ao longo de 3 meses, mais de 700 pessoas subscreveram o Manifesto “Por uma Social-Democracia de Rosto Humano”, enriquecendo-o com mais ideias, aprofundando valores e opções fundamentais numa visão contemporânea da social-democracia ao serviço da pessoa humana. Eis o essencial desse Manifesto matricial para o PSD:

#Nós, um povo

Por um Partido orgulhoso de Portugal, da sua cultura e da língua portuguesa;

#Nós, pessoa humana

Por um Partido que dignifica a vida humana e a pessoa concreta no seu mérito com equidade e justiça social, colocando a economia ao serviço da pessoa e não a pessoa ao serviço da economia;

#Nós, Estado responsável

Por um Partido que torna o Estado presente nas regiões mais desfavorecidas e que respeita o compromisso moral de reerguer o Centro ardido do País, com redobrado esforço de respeito pelas vidas inocentes perdidas e de forma a que nunca mais volte a acontecer a tragédia da gritante ausência e irresponsabilidade do Estado;

#Nós, inovadores

Por um Partido que incorpora boas práticas na sua acção política e nas políticas públicas, apoiando e dinamizando a capacidade de criação de valor local e global a partir da livre iniciativa da sociedade, tornando o Estado suficiente e eficiente;

#Nós, cuidadores

Por um Partido que cuida da melhor saúde para cada pessoa, reforçando os meios de promoção do bem-estar e combate à doença no sector público, privado ou social, promotor da ciência e da investigação científico-tecnológica que sirvam as necessidades humanas sem novas exclusões ou explorações do ser humano;

#Nós, exigentes

Por um Partido de rigor e exigência, atento a todos os níveis de educação e formação ao longo da vida, com diferenciação dos percursos e oferta educacional e busca da excelência na educação, na ciência e na investigação, motivando permanentemente os educadores e professores de todos os graus de ensino;

#Nós, ao serviço

Por um Partido de humildes, ao serviço dos que mais precisam, dos que trabalham e dos que estão por nascer, com empatia humana e intergeracional;

#Nós, sociais-democratas

Por um Partido reformista e humanista, com a visão contemporânea de uma sociedade justa e equitativa de pessoas livres, em reflexão contínua sobre as necessidades humanas numa biosfera finita que importa preservar e equilibrar aceitando que o crescimento permanente é impossível;

O Manifesto foi aprovado por unanimidade no congresso do PSD em Fevereiro de 2018. Coimbra sempre foi a alma social-democrata do PPD/PSD. É bom que assim continue.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.