Onda solidária pela Margarida continua

Posted by

Foto:DR

 

 

A Margarida é uma menina da Figueira da Foz que nasceu com paralisia cerebral. Desde um ano de idade – faz seis no dia 6 de maio – que os pais têm tentado proporcionar-lhe a melhor qualidade de vida possível, com tratamentos especializados em Portugal e na Alemanha.

 

Sem capacidade financeira para suportar os elevados custos das terapias a que a criança tem estado sujeita (a mãe deixou de trabalhar para cuidar dela), os progenitores recorrem à solidariedade, através das redes sociais, e à organização de eventos, para angariar fundos.

Entretanto, a Margarida vai ser submetida à implantação de um chip na zona do cérebro afetada, para controlar os movimentos involuntários dos braços, e o tronco também deverá ficar mais controlado.

A cirurgia realiza-se no próximo dia 14, na Alemanha, e custa 8850 euros. As restantes despesas, como o internamento, as viagens e o alojamento de pelo menos um dos progenitores, fazem disparar aquele montante. Mas, graças à onda solidária que continua em torno da menina, até ontem, foram angariados mais de 16 mil euros.

A taxa de sucesso da operação, afiançou ao DIÁRIO AS BEIRAS Fausto Carvalho, pai da Margarida, é de “mais de 90 por cento”.

 

Informação completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.