Número de camas na unidade de queimados pode diminuir

FOTO DB/BERNARDO NETO PARRA

O número de camas disponíveis na unidade de queimados do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) poderá ser reduzido nos próximos meses.

Quem o afirma é o presidente da Concelhia de Coimbra do PSD, Nuno Freitas, que ontem convocou uma conferência de imprensa à porta dos HUC para lamentar a “discriminação negativa” de que a região Centro e, em particular, Coimbra estão a ser alvo.

Em causa está a proposta do Ministério da Saúde de investimento em unidades do Hospital de S. João (Porto) e em dois hospitais de Lisboa, “em claro prejuízo das condições já muito deficientes dos CHUC e sem qualquer resposta efetiva para o projeto de nova Unidade de Queimados, Cuidados Intermédios e Medicina Intensiva”.

De acordo com Nuno Freitas, esta proposta e a indicação da Comissão Técnica criada pelo Governo “atiram” a construção da nova unidade de queimados do CHUC para “última prioridade”.

Versão completa na edição impressa

2 Comments

  1. Observador says:

    Lisboa sempre a lixar Coimbra!

  2. Mais uma vez as coisa na sua real dimensão.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.