Câmara vai isentar IPO do pagamento de taxas no valor de 472 mil euros

Esta segunda-feira, será analisada e votada, pelo executivo da Câmara de Coimbra, uma proposta para a isenção do pagamento de taxas urbanísticas, num valor superior a 472 mil euros, ao Instituto Português de Oncologia (IPO) de Coimbra, Francisco Gentil, EPE, relativo à obra de remodelação e ampliação do Serviço de Cirurgia e de Imagiologia.
A autarquia pretende isentar o IPO de Coimbra do pagamento das taxas urbanísticas referentes à remodelação e ampliação dos Serviços de Cirurgia e Imagiologia, no valor de 472.819,12 euros.
Manuel Machado, presidente do Município, defende que “devido ao relevante interesse público municipal” da atividade desenvolvida pelo IPO”, a isenção deve ser aprovada. “Este tipo de investimentos é daqueles que todas as pessoas beneficiam. As obras do IPO vão poder beneficiar de uma redução de taxas municipais de cerca de 472 mil euros”, salientou Manuel Machado, no passado dia 24 de janeiro, no âmbito de uma visita do ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, ao IPO de Coimbra.

Notícia completa na edição impressa de hoje

One Comment

  1. José Ferreira says:

    O IKEA não vem para Coimbra mas isso já se sabia,vejam o que se passou com a RENAULT nos anos 1973 esta C.M.C. é muito rápida a quebrar impostos negociár e trazer empresas para COIMBRA não sabem ou então não querem eu sei do que falo.Malditos TAXOS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.