Menos acidentes, mortos e feridos graves na operação “Ano Novo”

FOTO DR

Entre os dias 29 de dezembro de 2017 e 2 de janeiro último, a Guarda Nacional Republicana (GNR) intensificou o patrulhamento e fiscalização rodoviária nos itinerários de e para os locais associados às festividades do ano novo.

Neste período, a força militar aumentou a presença física nesses mesmos locais, com o objetivo de reforçar a segurança e prevenir a ocorrência de acidentes rodoviários.

Segundo nota publicada no site da GNR, durante os quatro dias em que decorreu a operação, e comparativamente a igual período de 2016 no que diz respeito à sinistralidade rodoviária, a GNR registou na sua área de responsabilidade 858 acidentes, menos 84 do que o ano passado.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.